JURIDICO

STJ determina retorno de 60% dos servidores do INSS ao trabalho

O Superior Tribunal de Justiça decidiu na noite desta segunda-feira que, até sexta-feira, pelo menos 60% dos servidores do INSS vão ter de comparecer ao trabalho.

O pedido foi feito na semana passada, pelo governo federal. A decisão, em caráter liminar, determina que, se esse percentual não for respeitado, a Fenasps, federação que representa os servidores da Previdência Social, será multada no valor de 100 mil reais por dia. A previsão é de que a decisão do STJ seja publicada na quinta-feira e, só então, entre em vigor.

Logo após a decisão judicial, o Comando de Greve se reuniu para planejar o que fazer. Procurada pela reportagem, a Fenasps não se pronunciou.

Nesta terça-feira, a greve do INSS completa 35 dias. A paralisação afeta serviços como perícia médica e concessão de benefícios.

De acordo com o governo, 73% dos postos do INSS foram afetados pela paralisação. Já a Fenasps estima que a greve atingiu 85% das agências da Previdência Social.

Fonte: Blog do Servidor Público Federal

Post anterior

CNTSS/CUT aciona Setor Jurídico para avaliar medida impetrada pelo INSS no Superior Tribunal de Justiça contra a greve

Próximo post

Registrando paralisação em diversos estados, servidores do MTE entregam pauta e devem receber apoio de ministro

sindprevbaorg

sindprevbaorg

Nenhum comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>