NOTÍCIAS

A luta pelo PCCS não para

SINDPREV/BA consegue mais uma vitória no Tribunal do Trabalho da Bahia na batalha judicial pelo retroativo das diferenças da incorporação da parcela salarial – PCCS/CELETISTA

O SINDPREV/BA informa que foi publicada em 20/04/2016, a decisão proferida pela Excelentíssima Desembargadora Maria de Lourdes Linhares, Vice-Presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (Bahia), que não admitiu aos Recursos de Revista interpostos pela Advocacia da União na Bahia (Ministério da Saúde) e pela Procuradoria Federal Especializada (INSS). Pretendia aludidos órgãos de representação judicial do Governo Federal conduzir o processo do PCCS/Celetista para ser apreciado (mais uma vez) pelo Tribunal Superior do Trabalho, (TST) em Brasília.

Na aludida decisão, a Exmª. Desembargadora entendeu pela ausência dos elementos objetivos previstos na lei que pudessem concluir pela admissibilidade do recurso. É lamentável para os quase 9 (nove) mil substituídos, ao próprio Poder Judiciário e à sociedade como um todo, que o Governo Federal tente a todo momento tornar o processo sem fim, aumentando o custo financeiro de um processo judicial que já dura 27 anos (1989-2016).

Em 1 ano e seis meses em tramitação no TRT/BA, o Governo Federal utiliza de todos os meios para protelar a execução do processo. Todos nós estamos indignados com essa situação, posto que o  processo do PCCS da Bahia foi um dos primeiros a serem ajuizados em todo o Brasil, mas até agora se arrasta indefinidamente. Frise-se que processo igual já foi pago em Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Paraná, Santa Catarina, em fase de cálculos no Rio Grande do Norte e São Paulo.

Acreditamos na Justiça e temos a esperança e certeza que todos receberão o que é de Direito, de acordo com a sentença transitada em julgado que determinou a pagamento das diferenças da incorporação da parcela do PCCS e a sua repercussão em todas as parcelas remuneratórias, 13º salário, férias, FGTS.

Agora vamos aguardar os prazos processuais e verificar se o Governo Federal mais uma vez insistirá em seus recursos. O SINDPREV/BA estará sempre pronto para defender os interesses da categoria, na via judicial, administrativa ou política.

SEMPRE NA LUTA!

Clique aqui e confira na íntegra a decisão da Desembargadora

 

ASCOM SINDPREV/BA

Post anterior

Sindprev/BA presente na inauguração da nova emergência do HGESF

Próximo post

Última terça-feira do mês contou com palestra no Sindprev/BA

sindprevbaorg

sindprevbaorg

Nenhum comentário

Deixe um comentário