GEAP

Entidades sindicais realizam ato em defesa da GEAP

Ato acontece na quinta-feira, 30/06, a partir das 10h, com concentração no Ministério do Planejamento, em Brasília

Dirigentes da CNTSS/CUT, FENADADOS, CONDSEF, CUT e UNASLAF, entidades representantes dos assistidos pela GEAP – Autogestão em Saúde, se reuniram na quinta-feira (23/06), no escritório da CUT Nacional, em Brasília. No encontro, foram discutidas ações em defesa do plano de autogestão, que tem sofrido ataques do governo interino de Temer. O governo golpista tem atuado na contramão do processo de recuperação e saneamento da entidade que vinha sendo desenvolvido pelos trabalhadores desde o início deste ano.

Na reunião, os representantes das entidades sindicais aprovaram a realização do ato público “Tire as Mãos da nossa GEAP” a ser realizado na quinta-feira, 30 de junho, às 10h, com concentração no Ministério do Planejamento, na Capital Federal. A união e a mobilização de todos serão fundamentais na defesa da GEAP. As instituições sindicais também construíram o texto de um panfleto a fim de denunciar as tentativas do governo interino de desmontar a GEAP. O material será distribuído entre os servidores públicos no dia da manifestação, mas já está disponível para download (veja abaixo material para dowload).

Ataques contra a GEAP

Por meio da Procuradoria Regional da União da 1ª Região, o governo interino de Michel Temer ingressou no dia 10 de junho, no TRF – Tribunal Regional Federal 1ª Região, com ação anulatória que atingiu duramente o processo de recuperação econômica proposto para sanear e preservar o patrimônio dos trabalhadores.

O pedido foi acatado, em 14/06, pela Juíza Federal Kátia Balbino de Carvalho Ferreira, da 3ª Vara do TRF, que determinou “a imediata suspensão das alterações dos Estatutos da GEAP, restabelecendo o Estatuto vigente antes da realização da 17ª Reunião Ordinária; a posse imediata e incondicional (…) dos membros indicados pela Patrocinadora União Federal; e, por fim, pugna, ainda, a suspensão cautelar da Resolução/GEAP/CONAD nº 0219 que determinou a redução do reajuste de 37,55% para 20% nos planos de saúde operados pela GEAP”.

Clique aqui é tenha acesso ao material de dowload:   Panfleto para ato em defesa da GEAP 

Fonte: CNTSS/  Sindsprev- PE

Post anterior

Temer sanciona reajuste de 21,3% na remuneração de servidores do Senado com vetos

Próximo post

Dia da independência da Bahia é dia de lutar por Direitos, pela Democracia e Contra o Golpe!

sindprevbaorg

sindprevbaorg

Nenhum comentário

Deixe um comentário