NOTÍCIAS

Sindprev/BA realiza Seminário contra a Extinção da Previdência Social

O Sindprev/BA realizou na manhã da última sexta-feira (19), no auditório Teixeira de Freitas, na OAB, nos Barris, o Seminário Estadual contra a Extinção do Ministério da Previdência Social.

O evento que contou com a presença maciça dos diretores do Sindprev, reuniu lideranças de vários sindicatos e centrais, como o Safiteba, Sindados/BA, Sincotelba, Assufba, Sindquímica, Sindsaúde Público, Sindicato dos Comerciários, Sindvigilantes, Sintsef, Sindicato das Domésticas, Apub, CUT/BA, CTB, CNTSS, Asapcap e Casa dos Aposentados.

Edivaldo Santa Rita, diretor da Secretaria de Organização, coordenou a mesa que foi composta pelo advogado e consultor legislativo Dr. José Pinto, o auditor fiscal, Dr. Mário Diniz, a presidente da Comissão Especial de Direito Previdenciário da OAB/BA, Dra. Ana Izabel Gomes e o advogado e assessor jurídico do Sindprev/BA, Dr. João Militão. Além de Raimundo Cintra, representando a CNTSS/CUT, Lucivaldina Brito, representando a CUT/BA e Aurino Pedreira, presidente da CTB. Estava presente também o diretor licenciado do Sindprev, pré- candidato a vereador, Valdemir Medeiros.

“A Diretoria Colegiada do Sindprev/BA tomou a iniciativa junto com as entidades sindicais e com a sociedade civil organizada do Estado da Bahia para debater as questões envolvendo a Previdência Social e deixar a população antenada para todas as reformas e projetos que o presidente interino vem fazendo no Brasil”, declarou Santa Rita. “Não podemos deixar que uma instituição dessa grandeza, que tem mais de 32 milhões de benefícios, deixe de existir por questões econômicas. Que passe por ajustes técnicos, mas sem suprimir direitos, mas sim melhorando a qualidade do atendimento, melhorando a assistência ao povo brasileiro e ampliando direitos. Que desse debate saia propostas contrária ao desmonte da previdência para tomar um rumo melhor para as futuras gerações”, concluiu ele.

Dr. José Pinto falou da trajetória da previdência e que hoje está sendo colocada em risco, chamando à atenção da necessidade de uma profunda reflexão, organização e articulação do povo para essa luta que haverá pela frente, para enfrentar esse momento singular. Completou falando do orçamento da seguridade social, orçamento das empresas estatais e o orçamento fiscal.

Dr. Mário Diniz defendeu a reforma da previdência, mas uma reforma profunda, porque metade da população brasileira estão fora do sistema, metade dos trabalhadores da população economicamente ativa do Brasil não tem direito a nenhum tipo de benefício. Afirmou que a previdência tem que ser reformada mas sob uma nova ótica e não adequar o orçamento fiscal do país aos interesses do grande mercado brasileiro internacional.

Dra. Ana Izabel falou da necessidade do povo tomar às ruas, e de que muitos não conhecem o seu próprio direito e não sabem a dimensão dessa reforma previdenciária na sociedade.

Os temas abordados foram: “Impactos financeiros da reorganização administrativa da Previdência Social”, “Aspectos jurídicos da extinção da Previdência” e “O papel da Previdência Social para os trabalhadores”.

Foi lançada também a Frente em Defesa da Previdência Social do Estado da Bahia, com o objetivo de deixar os trabalhadores atentos para que não ocorram cortes nos direitos duramente adquiridos ao longo de décadas.

A imprensa esteve no local para noticiar para a população a realização desse importante seminário e ao final os presentes receberam certificado.

 ASCOM SINDPREV/BA

Texto: Priscila Teixeira

Fotos: Luis Teixeira

Post anterior

Sindprev/BA presente na Posse da Nova Comissão da Coordenação Executiva do CES

Próximo post

Projeto Qualidade de Vida Sindprev/BA realiza bingo em sua última atividade

sindprevbaorg

sindprevbaorg

Nenhum comentário

Deixe um comentário