NOTÍCIAS

Conheça a programação do FSM2018. que será realizado em Salvador entre os dias 13 e 17 de março

Governo da Bahia confirma apoio total ao FSM2018 a dirigentes da CUT

Está pronta a programação da 13ª edição do Fórum Social Mundial (FSM) 2018, que será realizado entre os dias 13 a 17 de março, em Salvador. O tema central é “Povos, Territórios e Movimentos em Resistência”. E o slogan “Resistir é criar, resistir é transformar” indica que o este será um evento de resistência contra os retrocessos, a retirada de direitos e os ataques à democracia que começaram com o golpe que destituiu a presidenta legitimamente eleita Dilma Rousseff, em 2016.

Na última sexta-feira (2), o secretário de Desenvolvimento Econômico da Bahia, Jaques Wagner, confirmou o apoio do governo estadual ao FSM2018. Ele recebeu membros da organização do evento e do grupo facilitador do Fórum Social Mundial, entre eles Vagner Freitas, presidente da CUT; Sérgio Nobre, secretário-Geral da Central; Jonas Paulo, coordenador-executivo do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social da Bahia (Codes); Rogério Pantoja, diretor executivo da CUT; Anne Senna, da CUT-BA e UNISOL BA; e Paulo de Tarso Coordenador da Confederação Nacional dos Urbanitários.

Confira a programação do FSM2018

13 de Março de 2018

11h:  Coletiva de Imprensa do Coletivo Brasileiro do FSM 2018
15h:  Marcha de Abertura – Resistir é Criar, Resistir é Transformar
19h: Show/Atividades Político-culturais

14 de Março de 2018

9h: Atividades de Convergências
14h30: Atividades Autogestionadas
17h: Atividades Autogestionadas
19h30: Atividades Político-culturais

15 de Março de 2018

9h: Atividades de Convergências
14h30: Atividades Autogestionadas
17h; Atividades Autogestionadas
19h30: Atividades Político-culturais

16 de Março de 2018

9h: Assembleia Mundial das Mulheres
11h: Reunião das Relatorias
11h: Atividades Autogestionadas
14h30: Atividades Autogestionadas
15h: Assembleia Mundial dos Povos, Movimentos e Territórios em Resistências
17h: Atividades Autogestionadas
20h: Ato Político-cultural Rumo ao FAMA

17 de Março de 2018

8h30: Ágora dos Futuros (Agenda de Ações Pós-Fóruns)
9h: Atividades Autogestionadas
11h: Atividades Autogestionadas
12h: Cortejo Cultural
14h30: Atividades Autogestionadas
17h: Atividades Autogestionadas
14h às 18h: Reunião do Conselho Internacional do FSM

18 de Março de 2018

9h às 18h: Reunião do Conselho Internacional do FSM
18h: Coletiva de Imprensa do Coletivo Brasileiro do FSM 2018

Saiba o que é cada atividade

Atividades de Convergências

São atividades autogestionadas com características específicas, que acontecerão preferencialmente no período da manhã. Deverão promover o diálogo entre diferentes lutas em torno de causas comuns. O intuito é favorecer a construção de convergências e ampliar a potência das resistências.

A orientação é que sejam realizadas por uma articulação de organizações e movimentos que englobem pelo menos três lutas ou causas, com participação de lideranças de pelo menos 3 países.

Estas atividades poderão produzir propostas de incidência pós-FSM. Neste caso, deverão ser levadas para a Reunião de Relatorias e, posteriormente, para a Assembleia Mundial dos Povos, Movimentos e Territórios em Resistências e/ou para a Ágora dos Futuros.

Atividades Autogestionadas

As atividades autogestionadas devem dialogar com um ou mais temas do FSM 2018, sendo realizadas sob inteira responsabilidade de seus proponentes. Trata-se de oficinas, seminários, conferências, debates, apresentações culturais, rodas de diálogos, etc. Essas atividades poderão ser organizadas de maneira a produzirem propostas de incidência pós-FSM, na perspectiva de fortalecerem resistências. Neste caso as propostas deverão ser levadas para a Reunião de Relatorias e, posteriormente, para a Assembleia Mundial dos Povos, Movimentos e Territórios em Resistências e/ou para a Ágora dos Futuros.

Assembleia Mundial das Mulheres

Momento especialmente dedicado à ampliação da visibilidade e da potência das lutas dos movimentos de mulheres. Atendendo às reivindicações destes movimentos e reconhecendo a urgência do respeito aos direitos das mulheres no mundo. Nesta edição do FSM, nenhuma outra atividade será inscrita nesta mesma manhã para que todas as mulheres presentes no Fórum possam estar presentes.

Reunião das Relatorias

A Reunião de Relatorias será um espaço onde os documentos elaborados nas diferentes atividades autogestionadas do FSM serão sistematizados e encaminhadas para a Assembleia Mundial dos Povos, Movimentos e Territórios em Resistências.

Assembleia Mundial dos Povos, Movimentos e Territórios em Resistências

Nesta Assembleia serão compartilhados os documentos produzidos nas atividades autogestionadas e sistematizados na Reunião de Relatorias, para validação ou aprimoramento.

Ato Político-cultural Rumo ao FAMA

Ato com o objetivo de ampliar a visibilidade e fortalecer a incidência do Fórum Alternativo Mundial da Água, que será realizado em Brasília, nos dias seguintes ao FSM 2018.

Ágora dos Futuros (Agenda de Ações Pós Fóruns)

Diferente das propostas de incidência pós-Fórum, que serão sistematizadas e apresentadas na Assembleia Mundial dos Povos, Movimentos e Territórios em Resistências, na Ágora dos Futuros as propostas serão compartilhadas livremente, por meio de rodas de diálogo, cartazes, manifestações artísticas, etc. Será um espaço dedicado à construção de alianças para fortalecer as resistências.

Cortejo Cultural

Encerramento simbólico do FSM 2018 que levará para as ruas uma grande caminhada com manifestações culturais de todo o mundo.

Fonte: CUT NACIONAL – GT de comunicação do FSM2018

Post anterior

Imposto de Renda – Comprovante de pagamento no site da Geap

Próximo post

Atualização de cadastro do PCCS é realizada no Ereba

sindprevbaorg

sindprevbaorg

Nenhum comentário

Deixe um comentário