NOTÍCIAS

INSS apresenta nova proposta de medição da parcela institucional da GDASS

Reunião do Comitê Gestor Nacional de Avaliação de Desempenho (CGNAD) aconteceu no dia 07/03, na sede do INSS, em Brasília. Participaram representantes das diretorias do órgão e dirigentes das entidades dos servidores, membros do CGNAD: CNTAS/CUT, Fenasps e Anasps.

Após um breve resgate do que foi discutido no Grupo de Trabalho, a chefe de Divisão de Avaliação, Cargos e Carreiras apresentou a nova proposta de mensuração da parcela institucional da GDASS.

A proposta do INSS é composta por três indicadores: um proposto pelo Grupo de Trabalho da Portaria 302/MDS/2017, outro é o tempo médio de despacho e pendência (TMDP), com foco em processos novos e o terceiro,  indicador tempo mádio de despacho e pendência (TMDP2), com foco em estoque.

Foram mostradas as formas de cálculo da cada um dos indicadores e exemplos de metas.

O INSS propõe também a apuração e medição do 18º e 19º ciclos com os mesmos critérios e condições previstos na Portaria nº 551, de 27/12/2017 e avaliação em conjunto com o proposto na cesta de indicadores.

O órgão sugere que seja criado um Grupo Tarefa pelo MDS/INSS com participação da representação dos servidores com a função de aferir os resultados propostos pela medição dos 18º e 19º ciclos, com acompanhamento do CGNAD.

Além da instituição de outro Grupo Tarefa pela Presidência do INSS, com representação dos níveis gerenciais e funcional com a finalidade de criar metodologia e critérios de medição de atividades intitucionais não aferidas pelos atuais critérios, visando ampliar o escopodo conceito de desempenho institucional.

Os representantes do INSS também expuseram exigências: implantação do INSS Digital; concessão automática de benefícios; quantidade de servidores do INSS e o impacto da redução deles; atendimento da demanda da sociedade.

Apontou-se a necessidade de realizar mais estudos e projeções, além de uma agenda de reuniões que facilite a análise de dados coletados,objetivando colocar em prática uma nova proposta de medição da parcela institucional da GDASS.

O debate destacou a preocupação com os aspectos de produtividade incorporados à medição da avaliação de desempenho e questões relacionadas ao INSS Digital. As entidades deverão repassar as informações às suas categorias sobre a proposta apresentada.

Acesse a íntegra da Proposta do INSS de Mensuração da Parcela Institucional da GDASS

Fonte: Sindprev/AL

Post anterior

Servidor tem direito à conversão em pecúnia da licença-prêmio não gozada ou utilizada para aposentadoria

Próximo post

Confederação retoma defesa dos servidores do INSS em reunião sobre gratificação de desempenho

sindprevbaorg

sindprevbaorg

Nenhum comentário

Deixe um comentário