DESTAQUE

Sindprev/BA realiza reunião com Gestor do Núcleo Estadual do MS

Aconteceu na manhã de hoje (22), mais uma reunião do Sindprev/BA com o Coordenador de Gestão do Núcleo Estadual da Bahia, Glauber Silva, no auditório do Núcleo Estadual do Ministério da Saúde – BA (EREBA), no Centro. O encontro contou também com a participação dos servidores.

Representando o Sindprev/BA estavam Edivaldo Santa Rita, Valdemir Medeiros, Alindai Santana, Lucivaldina Brito, José Coutinho, Valmir Andrade e Ricardo Mendonça.

O gestor passou os informes de reuniões que teve no COSEMS/BA – Conselho Estadual dos Secretários Municipais de Saúde da Bahia, na qual representantes do Ministério da Saúde estão participando na tratativa da situação dos servidores cedidos. “A partir do próximo mês será aberta uma pauta exclusiva em atenção aos servidores cedidos, onde serão tratados assuntos como o desvio de função, carga horária, atividades de trabalho e etc.”, informou Glauber.

Além disso, foi explicada ainda por ele a reestruturação que deve acontecer na unidade de trabalho, como o andamento da implantação de rodízio no estacionamento do Núcleo – pensando no comodismo e na economia dos servidores, além de explicar propostas para melhorar o desempenho no trabalho, chegada de novos equipamentos para substituição dos antigos, bem como computadores e ar-condicionado. Ele explicou ainda sobre as dificuldades de várias demandas ao mesmo tempo e sua preocupação para que os servidores possam resolver, sinalizar e opinar onde e como os superiores podem atuar em determinadas causas e situações.

“O que eu quero marcar na minha gestão é a corresponsabilidade, acho que podemos desenvolver juntos metas e situações mais agradáveis. Agora quando pactuar comigo, tenha certeza que eu vou correr atrás e cobrar que esse pacto seja efetivado, porque eu acho que não pode haver um descompromisso. O servidor é parte do processo, temos que ver todos os lados envolvidos”, afirmou.

Santa Rita frisou a importância de todos trabalharem juntos. “Ficamos, nós, trabalhadores e sindicato encarregados de fazer o acompanhamento e ver se isso realmente dará certo”, disse. “São opiniões de setores diferenciados, para chegar a um objetivo em comum, sindicato, trabalhadores e gestão”, concluiu o diretor.

De acordo com Glauber, está sendo montada uma força tarefa no setor de pagamento para filtrar alguns servidores que tenham créditos a serem compensados.

“Não é porque o setor de pagamento é irresponsável, é porque a demanda tem sido grande que não estão dando conta e isso está trazendo impacto para a vida do servidor. A gente tem que identificar que o que não vem de impacto para a nossa vida, há impacto para o SUS, para a população que espera de nós uma solução, um resultado efetivo”, informou.

Foi passado na reunião que nove servidores já tiveram o estorno das horas compensadas e que de acordo com as outras duas reuniões que o sindicato teve com o gestor ficou acertado dos servidores apresentarem a proposta de compensação de horas, ficando acordado que o estorno irá acontecer logo após as propostas serem avaliadas pelo Sigepe, em sua totalidade.

“Eu pretendo continuar fazendo uma gestão responsável que, não vai pactuar com situações que não estejam previstas na legislação, mas que pode manter a abertura do diálogo, para que possa haver soluções conjuntas”, disse Glauber.

Devido a isso foi sugerido à criação de um comitê com todos os servidores de cada setor juntamente com o sindicato para levantar as demandas do dia a dia, para serem apresentados para discussão com o gestor.

Ricardo aproveitou o momento para passar alguns informes da Geap. Em seguida foram feitos esclarecimentos aos funcionários presentes na reunião.

ASCOM SINDPREV/BA

Texto: Priscila Teixeira

Fotos: Luis Teixeira

Post anterior

Reforma trabalhista limita qualidade do emprego formal e não impede avanço de informais

Próximo post

Consulta pública: Senado promove pesquisa sobre data-base de servidores

sindprevbaorg

sindprevbaorg

Nenhum comentário

Deixe um comentário