DESTAQUE

Categoria aprova em Assembleia Geral a Comissão Eleitoral

Eleições

Aconteceu na manhã da última sexta-feira (26) mais uma Assembleia Geral Extraordinária, com a presença maciça da categoria e diretores, no espaço Cultural Roque Abreu, na sede do sindicato, tendo como pauta: Eleição dos membros da Comissão Eleitoral que coordenará o processo eleitoral para renovação da Diretoria e Conselho Fiscal do Sindprev/BA para o período 2019/2024, conforme prevê o art. 48 c/c art. 53 do estatuto, GEAP e PCCS.

 A mesa foi composta pelos diretores da Secretaria de Organização, Edivaldo Santa Rita e Walter Cândido, o diretor da Secretaria de Assunto Jurídico, Ricardo Mendonça, a representante da CTB, Dalva Leite, a pensionista Meyre Rezende e o advogado Dr. Osvaldo Schitini.

Edivaldo Santa Rita falou das assembleias setoriais nas unidades de trabalho para ouvir os trabalhadores e informar a respeito da eleição da comissão eleitoral, lendo em seguida o edital que foi publicado no jornal Correio da Bahia, no dia 17 de outubro. O diretor informou que o mandato da gestão atual está terminando, por isso a necessidade de eleger a comissão eleitoral.

Valdemir Medeiros, diretor da Secretaria de Administração e Finanças, falou do ritual da eleição do Sindprev/BA por causa do prazo que está terminando. “A eleição do sindicato se dava de 03 em 03 anos, mas no último Congresso Estadual foi aprovado para 05 anos e ocorreria em dezembro, mas por conta do PCCS e outras demandas das ações judiciais, nos passamos, e precisamos realizar porque senão vamos ficar inelegíveis, e estamos com essa responsabilidade grande do acordo que fizemos do PCCS, e vamos fazer com que o governo pague a todos os servidores, e para garantir precisamos ter a Direção legalizada”, disse. “Para isso o primeiro passo é eleger a comissão eleitoral para seguir o ritual da eleição que definirá o prazo em que ocorrerá”, concluiu.

Valdemir leu os nomes dos membros que irão integrar a comissão eleitoral e em seguida Santa Rita colocou em votação, para a categoria aprovar, na qual foi aprovada com apenas 03 abstenções, com uma declaração de voto.

Valdemir fez a proposta para a comissão eleitoral para a eleição do Sindprev/BA acontecer nos dias 28 e 29 de novembro, uma vez que as ações do sindicato estão em curso. “Não vamos ficar inelegíveis, porque não somos irresponsáveis, uma vez que várias ações judiciais ainda estão em curso e não pode perder prazo. Vamos fazer a eleição do sindicato democratizada e organizada”, enfatizou.

Santa Rita parabenizou os 26 anos de resistência da Asapcap – Associação dos Servidores Aposentados da Previdência Federal na Bahia, e convidou os presentes para participar da missa que será celebrada no dia 30 de outubro, na Igreja de São Pedro, ás 10:00h. “Parabéns pela resistência e persistência”, disse.

Foi feita uma breve análise da conjuntura política. “O momento em que o Brasil esta passando é crucial, é um momento de retrocesso. Trata-se de um momento muito delicado, na qual pode ser instaurada uma ditadura militar. É importante a unidade, pois está em jogo a democracia e os direitos dos aposentados, pensionistas e trabalhadores. Muita consciência na hora de votar”, falou Walter Cândido.

A fisioterapeuta Dra. Luana Saldanha passou todos os serviços voltados à fisioterapia da Clínica do Trabalhador, que inclusive é conveniada com a GEAP, e informou a mudança da unidade da Fisio Pilates e Estética, para um espaço maior, com inscrições já abertas.

Dr. Osvaldo Schitini falou que todos são vitoriosos no processo do PCCS. “Um processo que envolveu a participação de todos, muitos se empenharam para a sua execução. Nós vamos receber esse pagamento. Sempre fui muito reticente, mas também nunca perdi a esperança. Foi o tempo de maior relevância da minha vida profissional, é um compromisso de muita responsabilidade. Eu me empenhei e lutei para que essa vitória fosse conseguida, pois fiz desse processo objeto da minha vida e hoje me sinto agradecido porque vocês participaram da minha recuperação. Hoje eu posso dizer que eu realizei o que pretendia. Quero pagar o processo do PCCS até o final de novembro”, afirmou o advogado.

Ricardo Mendonça explicou sobre o andamento do PCCS. “Conseguimos de forma persistente realizar a negociação do PCCS. O acordo foi assinado no dia 08/10/2018 entre as partes e logo depois foi feita uma petição em conjunto, entre o Governo e os advogados do Sindprev, e pelas tratativas que foram feitas entre as partes, o acordo foi homologado no TST – Tribunal Superior do Trabalho”, informou Ricardo.  “O processo já se encontra na vara aqui em Salvador, isso é importante, já está agendada uma reunião para segunda-feira, dia 29, para a garantia do pagamento para novembro de 2018, fevereiro de 2019 e a precatória para janeiro de 2020”, concluiu.

O diretor jurídico ainda informou que para obter um pagamento mais rápido foi acordada com a Juíza a abertura de uma conta judicial no nome de cada um, na qual provavelmente será na Caixa Econômica para o recebimento dos valores, na qual só pode mexer a pessoa que irá receber e o juiz.

De acordo com Ricardo o os critérios para o 1° lote são: a idade (acima de 80 anos), doenças previstas em lei e as pessoas filiadas ao sindicato. O 2° lote são: pessoas exoneradas, falecidas, PDV e as pessoas não filiadas. E o 3° lote: acordo livre, precatória. O diretor ainda alertou a categoria em relação a ligações que vários servidores estão recebendo pedindo para realizar depósito bancário para o recebimento. ”Não façam isso. O sindicato não está fazendo contato telefônico com ninguém para tratar disso, é um golpe, muita atenção, se o sindicato ligar é para solicitar a presença de vocês. Então não realizem nenhum depósito, pois o dinheiro sai diretamente da justiça para vocês”, pediu Ricardo.

Raimundo Cintra, representante da CNTSS-CUT, que está na mesa de negociação atualizou os acontecimentos da GEAP, e informou que o acordo está mantido. A direção nacional da GEAP vai fazer a correção para esse mês.

Ricardo Mendonça orientou que quem está com boleto atrasado procurar a GEAP para fazer o REFIS. O advogado Dr. Alan Freire orientou os associados quanto ao pecúlio.

Ao final do encontro todos puderam tirar as suas dúvidas.

#ComissãoEleitoral

ASCOM SINDPREV/BA

Texto: Priscila Teixeira

Fotos: Luis Teixeira

Post anterior

Assembleia no EREBA aprova eleição para Comissão Eleitoral

Próximo post

Comissão Eleitoral do Sindprev/BA abre prazo para o registro de Chapas

sindprevbaorg

sindprevbaorg

Nenhum comentário

Deixe um comentário