DESTAQUE

SINDPREV/BA realiza mais uma assembleia geral: pauta: GEAP e PCCS

Foi realizada na última sexta-feira, (04), mais uma assembleia geral da categoria na sede do sindicato, tendo como pauta o GEAP e o PCCS, a mesa foi conduzida pelos Diretores: Sec. de Organização – Edivaldo Santa Rita e Walter Cândido; Sec. de Administração e Finanças – Valdemir Medeiros e Mª Valdete Magalhães; e Raimundo Cintra – Diretor da CTNSS.

Abertura da assembleia deu-se com a oração do dia, logo após Valdemir Medeiros, Mª Valdete Magalhães, Licia Maia e Valdelice Almeida fizeram alguns comentários referente o que aconteceu no XXI ENAPO, realizado entre os dias 25, 26 e 27 de setembro, na Bahia.

Esteve presente também na assembleia Pedro França, diretor do Sindicato dos Ferroviários da Bahia (Sindiferro), que comentou sobre o perigo da reforma da previdência, principalmente no âmbito da privatização. “Essas reformas é para prejudicar a população mais pobre, o SINDPREV é uma maneira de resistência e é com, mobilizações e união que vamos derrubar a reforma da previdência.” Diz Pedro França.

Na oportunidade, Drª Luana Saldanha, fisioterapeuta, falou sobre a palestra que vai acontecer dia 24 de outubro na sede do sindicato e que junto com a palestra terá atendimento fisioterapeuta e massoterapia gratuito, a palestra é referente à campanha Outubro Rosa organizada pela Sec. de Políticas Social e Racial. Já em relação ao mês ao mês dos servidores Drª Luana, ressaltou-se o curso de primeiros socorros, que terá a primeira aula gratuita dia sexta-feira dia (11), bastando vir com roupa confortável para participar, o curso será dividido entre teoria e prática, e terá como condutores um fisioterapeuta, um enfermeiro e a equipe de Bombeiro Civil.

A Fisioterapeuta falou também sobre a promoção do mês de outubro, que a Fisiopilates está com 50% desconto no serviço de limpeza da pele, quanto para homem quanto para mulher.

Valdemir Medeiros comentou sobre a importância do trabalho voluntário, e as consequências das novas tecnologias em relação ao contato real, pois as pessoas não estão interagindo umas com as outras, pois vivem conectadas ao próprio mundo ‘on-line’.

Raimundo Cintra – Diretor da CNTSS destacou sobre o INSS digital, e suas dificuldades “Temos que redobrar nossa força para lutar por tudo que já conquistamos, não somos contra a tecnologia, mas somos contra sim, a tecnologia que venha afetar a saúde do homem. Já temos um vasto número de servidores que estão com problemas de depressão”. Afirmou Cintra.

Já Walter Cândido, em sua fala comentou sobre a sobre a privatização, e a necessidade de continuar mobilizando o INSS pela segurança e condições de vida dos ativos e aposentados.

Edivaldo Santa Rita comentou sobre a atuação do Hospital Ana Nery e sua importância, falou sobre a conversa que teve com o diretor e secretário da unidade em relação ao desempenho que o hospital tem na vida da população pela sua complexidade.

Ainda na assembleia Valdemir Medeiros, falou sobre a reforma no clube do sindicato e convidou os servidores que venham no dia 28/10 a partir das 18 horas para participar da comemoração do dia dos servidores, que será realizada com um jantar dançante na sede do Sindprev-Ba.

Ação de Revisão do PASEP- O Dr. Alan Freire, também esteve presente na assembleia, e passou alguns informes referentes à revisão dos valores do PASEP. Os trabalhadores que ingressaram no serviço público no ano 1988 e sacaram o saldo do PASEP, há menos de cinco anos podem entrar com ação na Justiça para garantir a diferença de correção monetária dos valores depositados nas contas. “Para verificar se você tem direito é necessário solicitar ao Banco do Brasil um extrato detalhado, desde a data de abertura da conta vinculada ao PASEP, até a data do saque do saldo total, depois venham no sindicato, munidos de identificações e extratos que o setor jurídico passará mais informações”, explica Dr. Alan.

Ainda em sua fala Dr. Alan, explica o prazo para acionar a Justiça, pois para que o dinheiro seja corrigido deve ficar atento ao período de prescrição, que em suma, apenas os trabalhadores que sacaram o benefício do PASEP ou se aposentaram nos últimos cinco anos, ou seja, até (2017), têm direito à atualização monetária.

O diretor Valdemir, na oportunidade explicou sobre, os honorários advocatícios, e os valores cobrados pelos escritórios. Desse modo, foi feito uma eleição, onde pela maioria dos votos, ficou decidido que o sindicato pagará os cálculos no valor de R$ 200,00 (duzentos reais) e tendo êxito os servidores pagarão 15% de honorários.

PCCS- Sobre o PCCS foi dito que o segundo lote de pagamento está com previsão para sair até dezembro de 2019, e o terceiro lote precatório está previsto para 2020. E aqueles que não constam os nomes em nenhum dos lotes deverão comparecer na sede do Sindicado, com contra-cheque no período de 1988 á 1990, para que seja feitos os procedimentos adequados para verificar se o servidor tem direito.

GEAP- Foi informado que os boletos em abertos deverão ser pagos, com base no principio da boa fé e as ações que foram ajuizadas, estão aguardando a sentença, Valdemir Medeiros falou também sobre o litisconsórcio, e os valores incontroversos, e que este processo está sendo acompanhado pelo Dr. Geraldo Magela, que sairá de Brasília para a Bahia, para dialogar com o juiz para ver de que forma ficarão os pagamentos restantes, aos demais que não fazem partes do litisconsórcio estão sob os cuidados da Mota Advogados.

Ascom/ SINDPREV-BA Texto:

Dayane Santos – Fotos: Luiz Teixeira

Post anterior

Fisio Pilates e Estética promove curso de primeiros socorros

Próximo post

Coral Cantos e Encantos se apresenta Shopping Center Lapa, para comemorar o Dia Internacional do Idoso

sindprevbaorg

sindprevbaorg

Nenhum comentário

Deixe um comentário